Seguidores

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Apaixonados pelas diferenças

 

"Não há outra receita. Num relacionamento, para poder receber o que desejo, tenho de dar o primeiro passo doar-me. Por isso, o casamento é caminho de harmonia e felicidade, que se inicia com o desejo, de ambos, de fazer de tudo para dar o máximo de si para o outro.

O homem e a mulher são as duas evidentes formas de como se vive a realidade humana. Mas, na prática, esquecemo-nos que pensamos, agimos e sentimos de modos completamente diferentes. Consciente ou inconscientemente se espera receber do outro o que gostaríamos, e não o que ele pode nos dar. [E uma expectativa frustrada que leva ao desalento ao não vê-la satisfeita. O homem e a mulher estão chamados a harmonizar esforços.

Quando um homem, ao entrar em casa, esquece de dar um beijo em sua esposa e caminha direto e reto para ligar a televisão, cumprimentando-a com um seco "oi", não significa, necessariamente, que deixou de querê-la, e sim que busca uma forma da apagar as preocupações que carrega do trabalho.

Quando uma mulher interrompe o discurso inflamado do marido sobre suas realizações e planos, para recordar que a resistência do chuveiro queimou, não é sinal de indiferença, nem de que deixa de valorizar as ideias do marido, mas no dia seguinte ela tem que dar banho nas crianças com água quente. São alfinetadas que chegam a comprometer o ânimo,quando não se enxerga que cada um é diferente.

Reconhecer a diferenças entre marido e mulher é o primeiro passo para saber como e quando é preciso satisfazer as necessidades e sentimentos do outro, para que possa haver um relacionamento harmonioso e agradável. Por isso, temos que enxergar as diferenças entre ambos como uma motivação à complementaridade. Os dois necessitam ser satisfeitos e também devem satisfazer, ao mesmo tempo. Compreender que as características de um suprem as carências do outro, em prol do bem e da realização familiar.

O que ela quer
Ser ouvida com atenção. Afeto, carinho, beijos, abraços....
Transparência dos planos e sentimentos do marido.

O que ela não quer
Soluções para o que diz. Compensações materiais.
Ficar sabendo depois que as coisas acontecem.

O que ele quer
Ser reconhecido por seu empenho e capacidades. Uma esposa que se cuida.
Uma esposa preocupada com o lar e os filhos.

O que ele não quer
Que ela fale mal dele para as amigas. Uma fisionomia pálida e abatida.
Que ela se polarize somente no trabalho."

Resumo do artigo de mesmo título, por Autimio Antunes, na revista SER
FAMÍLIA, Ano III . Nº 18. Publicado originalmente em Negócios de Família.


Nenhum comentário:

Postar um comentário