Seguidores

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

E.T. Phone Home… se identificou ? Eu sim !

 

ET

  Quem não se lembra da adorável criaturinha vinda do espaço  que comoveu gerações, o ET ?

Pois é, em algumas situações, é como me sinto, quando as pessoas descobrem que vou à Missa todos os domingos, que só fui casada uma vez e com o mesmo homem, que uso métodos de planejamento familiar naturais…

Essa incompreensão, esse estranhamento, que todo católico praticante e fiel experimenta, é muito mais complicado de lidar quando vem da nossa família ou da família do cônjuge.

O importante é tentar conciliar tudo, mas sem abrir mão do que é essencial.

Depois de quase quatro anos (o tempo que tenho de convertida), meus pais e sogros finalmente entenderam que:

- Não adianta me convidar para nada no domingo no horário da Missa;

- Natal, primeiro vou à Missa do Galo. Só depois é que posso ir fazer a ceia, seja com minha mãe ou minha sogra…

- Realmente estou educando meu filho dentro da doutrina, ensinando a ele o valor da castidade e de se guardar para o casamento [ apesar de todos na família acharem que não estou sendo realista, ainda mais ele sendo um menino, bla bla bla].

- Não usamos métodos anticonceptivos [vai parir um filho atrás do outro ??!!… ]

Entre outras coisas mais…  é nessas horas que damos nosso testemunho. Devemos explicar nossas razões com doçura mas também com firmeza, pois aos poucos as pessoas vão percebendo que aquilo não é negociável para você, você vai se “impondo” e o estranhamento vai diminuindo, eles já entendem que aquilo faz parte de você. Em especial, seja COERENTE, isso é essencial para que seja respeitado.

Fácil ? Não é não. Seremos chamados de alienados, de tele-guiados, etc…mas quando percebem que nossa família é equilibrada, que nossos filhos são bem-educados, que o casal vive bem, que “segura as barras” junto, que as dificuldades são superadas sem que desesperemos, começam a nos respeitar, e até mesmo a se perguntar, “qual o segredo deles ?”

Essa é a deixa para falarmos de Deus, e estabelecer comunicação com “o planeta Terra”.

4 comentários:

  1. Gostei do seu testemunho. Católico tem que ser assim, coerente com a doutrina de nossa Igreja. Dou também o meu: estamos (eu e minha esposa) com 36 anos de casados, no civil e religioso, únicos esposos, nunca usamos qualquer tipo de anticoncepcionais, sempre o método tradicional de controle natural, o que nos deu a grande graça de 4 maravilhosos filhos (3 mulheres e um homem). Todos católicos, apostólicos, romanos.

    ResponderExcluir
  2. Acrescento este ao comentário anterior: veja no meu blog
    http://batistacavalcante.blogspot.com muitas informações sobre nossa família.

    ResponderExcluir
  3. Juraci, seu blog é uma declaração de amor à sua família, parabéns !! Muito obrigada por partilhar seu testemunho conosco, é tão bom saber que não estamos sozinhos nessa, que há outros casais que lutam pela santificação e que amam Nosso Senhor e sua Igreja.

    ResponderExcluir
  4. Querida irmã,

    seu testemunho é tão urgente hoje! Já tenho um monte de amigas na cabeça para enviar este seu testemunho!

    Por favor escreva sempre sobre isso!!!

    Abraços

    Julie Maria

    ResponderExcluir